Resenha: O ladrão de raios - Rick Riordan





Não é de hoje que Percy é um menino problemático, dês que pequeno pula de escola em escola por ser "hiperativo", alem de ter deficit de atenção entre outros problemas. Porem aos doze anos ele é levado para um acampamento de verão um tanto pouco diferente por seu amigo Grover que Percy descobre ser um sátiro, seu guardião.

Na no novo lar durante o verão Percy descobre que aqueles deuses gregos não eram mitos, e que se ele estava lá era por que era filho de um deus. Mas não qualquer deus, ele, é filho de Poseidon, um dos três grandes, e seu destino como filho de um dos três maiores deuses era salvar, ou destruir o Olimpo.
O objetivo de Percy e sua turma que contava com Annabeth filha de Atena, deusa da sabedoria e da guerra e seu amigo grover, o sátiro, era resgatar o raio perdido de Zeus, deus dos céus, porem sem aventura o livro não seria um Best-Seller como é hoje não é?

O tio Riordan com certeza não desapontou ninguém com o livro, o livro foi muito bem aceito e virou um Best-Seler mundial, porem o filme deixou a deseja... Tanto O Ladrão de Raios quanto O Mar de Monstros, não foram tão bem aceitos pelo simples motivo de os produtores não seguirem o "roteiro", e fazer o filme beeem diferente do que seria o livro.
Espero que tenham gostado e... de que deus grego você é filho? :3

Share this: