História!!! Parte 7!

Olááá meus leitores! Como vocês estão? Vocês estão bem? Eu estou mega ansiosa para que vocês leiam esse capitulo por que... bem, apenas leiam hahaha 
Um beijo e uma boa leitura :)




"Cap. 7

Estava com a cabeça encostada na mesa de minha sala quando o sinal tocou, peguei depressa minhas coisas e estava indo para a entrada quando vejo de longe Leo e Anastácia brigando. Anastácia dá as costas e sai bufando entre  lágrimas em minha direção, ela esbarra em minha mochila que cai no chão e ainda me empurra dizendo “sai da minha frente idiota” Tenho que respirar fundo para não revidar um soco na cara da quela guria.
   Leo se senta em um banco perto dele e coloca as mãos no rosto, parecia estar com raiva, ele se levanta anda até o poste mais perto e dá um soco que corta sua mão.
- Leo!! – Corro para ele, não era minha intenção falar com ele, ele disse que não gostava da quela vaca anorexia e depois começa a namorar com ela, falso. Eu só queria sair logo da quele inferno, entrar em minha casa e ficar o dia inteiro olhando para o teto de meu quarto.
Não contente Leo pega sua mochila e seu celular, ele o aperta com tanta força que a tela trinca, mas parece que ele não ligou. Continua andando e vou atras dele.
- LEO! – Falo mais alto, seus ombros rígidos relaxam e ele vira para mim de vagar. – Leo, o que... Ouve?
Ele me olha com uma cara de ódio e diz:
- Aquela menina passou dos limites. Eu pensava que ela era terrível e eu estava certo, por que comecei a gostar dela? Ela... – Não o deixei terminar:
- Leo acalme-se, venha, eu conheço um lugar para você esfriar a cabeça. – Eu pego em seu braço forte e começo a andar em direção ao único lugar que eu sabia que Leo iria gostar.



Leo se senta em uma espreguiçadeira que estava na sombra e respira fundo. Sua respiração estava alterada, e ele cerrava os punhos, não sei o que Anastácia havia feito, mas havia alterado e muito a paciência de Leo. A água da piscina olímpica refletia tranquilidade, havia anos que não vinha a este clube, ele ficava a três quadras de minha casa, por isso passei rápido em casa e peguei meu biquíni preto que não via a tempos e minha toalha azul marinho, Leo disse que podia comprar lá algum calção de banho, então fomos direto para o clube. O caminho todo ele ficou quieto, e eu esperando que ele falasse sobre, morrendo de curiosidade para saber o que o diabinho havia feito.
- Você... Quer falar sobre? – Falei tocando seu ombro.
- Vou comprar um calção de banho – Ele disse se levantando e ignorando minha resposta, também me levantei depois que ele saiu e vesti meu biquíni no vestiário feminino. Ao voltar Leo estava com os pés na piscina apenas de calção, Fiquei envergonhada por meu corpo pequeno e frágil perto de seu abdome e braços malhados.
Ele olha para mim assim que me aproximo, ele abre a boca para falar mas a fecha rápido, volta o rosto para a piscina e sorri.
- O  que... o que foi? – Falo cobrindo minha barriga.
- Prefiro não falar, para ter certeza que você não vai me dar outro fora. Alias, você ainda tem que me explicar aquele dia. Nunca mais te vi indo para o ballet, nem nos ensaios da Anis... – Seu rosto esfria e ele desfaz o sorriso lindo. Não doía mais falar de ballet comigo, acho que havia superado. Leo estava indo aos ensaios? Como Madame Marg permitiu? E “Anis”? Ai que ridículo.
Respiro fundo e entro devagar na piscina gelada, um arrepio percorre meu corpo, Leo também entra e apoia cabeça  na grade. Como a piscina era funda e batia em meus ombros, fico na ponta do pé, e um pouco de saudade bate em meu peito. Fecho os olhos e quando os abro Leo não estava lá, não o vejo em lugar nenhum, olho para nossa cadeira e suas coisas ainda estavam lá. Duas mão seguram minhas costelas e eu levo um susto, Leo atras de mim com aquele sorriso lindo.

- Te peguei. – Algumas pessoas olham para nos, mas não fico envergonhada, sorrio e entro na brincadeira, mergulho e sinto a água molhando meu cabelo e entrando em meus ouvidos em quanto fecho meus olhos, uma sensação familiar entra em mim como pessoas entrando em uma porta aberta. O mundo ganha um pouco de cor e eu sinto vontade de viver novamente, abro os olhos e Leo está olhando para mim de baixo da água, e... aqueles olhos. Meu coração dispara, e é ai que e sei que estou apaixonada."



Histórias!!

Share this:

, , ,